sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Paradoxo da política portuguesa.

Luís Filipe Menezes, ao afirmar que, quando for primeiro-ministro, a RTP deixará de ter publicidade, acabou por garantir que a RTP não ficará sem publicidade.
Alexandre Marques

1 comentário:

phronesis disse...

Paradoxo ou mera (e implícita) contradição?

Paulo